Nefrologia Pediátrica

A Nefrologia Pediátrica é uma subespecialidade da Pediatria que se encarrega do estudo das enfermidades renais e do trato urinário nas crianças desde até mesmo antes do nascimento até os 18 anos de idade. 

É importante ressaltar que existe uma diferença entre a nefrologia e a urologia, a nefrologia cuida das doenças clínicas que afetam o sistema urinário e a urologia é uma especialidade médica que cuida dos procedimentos cirúrgicos do aparelho urinário e das doenças do aparelho genital masculino.

O momento ideal para procurar um nefrologista é diante de sinais e sintomas relacionados ao aparelho urinário como alterações urinárias: características da urina, do jato urinário e do hábito miccional, dor lombar, abdominal, vesical ou peniana; história de hipertensão arterial, cálculos renais, presença de sangue na urina, edema (inchaço) principalmente facial e em caso de história familiar de doença renal crônica com necessidade de diálise e/ou transplante renal.

O rim é o principal órgão do aparelho excretor. São dois rins localizados na parte posterior do abdômen e eles são responsáveis pela excreção de resíduos que não são necessários ao corpo e que, quando acumulados, são prejudiciais à saúde. Eles retiram do sangue, que passa por eles, certa quantidade de água e várias outras substâncias, formando a urina.

Quando a criança apresentar alterações de formação do aparelho urinário, muitas vezes já visto na gestação, quadro de infecções do trato urinário, presença de sangue na urina, alterações do volume urinário, na presença de cálculo renal, de edema no corpo (normalmente com início em pálpebras).

Os principais fatores de risco para doenças renais são má formação do aparelho urinário, infecções de garganta e ou de pele sem uso de antibiótico específico, pouca ingestão de líquidos e excesso de sal.

Para prevenir as doenças renais, é importante verificar se existem malformações do trato urinário nas crianças, fazer o diagnóstico precoce para reduzir a evolução para doença renal crônica, controle das doenças cardiovasculares principalmente a hipertensão e aconselhamento genético nas doenças renais hereditárias.

Os principais exames de rotina para diagnóstico e monitoramento das doenças renais são exame de urina de rotina, provas de função renal no sangue, ultrassonografia das vias urinárias e cintilografia renal.